arquivo

Films

Living Theatre Presente!

MANIFESTAÇÃO

Oficina 2: Manifestação: (des)montagem

Lucas Bambozzi – Lucas Gervilla

Sesc Consolação, 22 e 23/01/2018

Nessa oficina, Lucas Bambozzi e Lucas Gervilla trabalham com o público algumas técnicas de montagem audiovisual buscando a reconstrução de sentido de filmes existentes. Serão feitos exercícios de re-edição a partir de obras como O Encouraçado Potemkin (Eisenstein), A Mãe (Pudovkin), O Homem da Câmera (Vertov), registros de manifestações de 2013 a 2016 no Brasil, bem como analisadas instalações multicanais com caráter documental de Douglas Gordon, Arthur Omar, Virginia de Medeiros, Kutlug Ataman, Doug Aitken, Omer Fast, Isaac Julien, Lucas Bambozzi, Eder Santos e outros. . A ideia é discutir processos de construção e manipulação de narrativas ao longo de exercícios práticos de montagem paralela e edição para videoinstalações com vários canais de vídeo.

IMG_3451IMG_3454

Familia

A video by Dasha Delone, Dima Goryachkin and Lucas Gervilla.

Familia is a video about circles.
With the invention of the wheel, not only technologies have changed, but also philosophy. The discovery of the rotation of the planets has brought us to an understanding of the rotation of life itself.
Life, which seemed straightforward in the first approximation, has suddenly turned into a Circle or a spiral.
Human history is moving in a spiral, the history repeats itself round and round again, with some minor changes.
Consciousness, a philosophical thought, the history of arts – they’re all moving in a spiral. We often forget about previous generations’ experience, repeating mistakes or inventions round and round again.

Familia was part of the Art Riga Fair 2017.

Moscow/São Paulo 2017

http://www.dashadelone.com/
http://www.dimagoryachkin.net/
http://www.gerva.me

Observatório de Remoções

Entre 2015 e 2016 fiz parte da equipe do Observatório de Remoções, um projeto desenvolvido pelo LABCidade (Laboratórios do Espaço Público e Direito à Cidade), LABHAB (Laboratório de Habitação) da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo,  Universidade Federal do ABC e com apoio da Fundação Ford.

Um dos objetivos do projeto é o mapeamento, em diferentes escalas, de grupos com alto grau de vulnerabilidade socioambiental impactados por remoções urbanas involuntárias decorrentes da implantação de projetos de desenvolvimento, conflitos fundiários coletivos e incidência de riscos geológicos.

Junto à equipe do Observatório de Remoções, desenvolvi uma série de 08 mini-documentários que retratam algumas das ações do grupo.

Mais informações sobre o Observatório de Remoções:

https://www.observatorioderemocoes.fau.usp.br

https://www.facebook.com/observatorioderemocoes

 


 

Museu dos [corpos] Invisíveis

Um documentário colaborativo sobre a cidade de São Paulo pensada como um campo de embate entre visibilidade e invisibilidade. Dividido em cinco blocos temáticos, coloca foco nos corpos que a historiografia tradicional subtraiu do discurso sobre a cidade: mulheres, homossexuais, trans, negros, os moradores da periferia, os sem-teto e o poder biopolítico.

Discute: sexualidade, feminismo e políticas de gênero, segregação racial, periferia, vigilância, emergência, tribos queer e a vida nas ruas. O documentário é composto por entrevistas com artistas, ativistas e pensadores, somadas a imagens produzidas por um grupo de alunos do curso de Design da FAUUSP.

Um projeto de Giselle Beiguelman e Lucas Bambozzi
SP_Urban Digital Festival 2016

Câmera e edição:
Lucas Bambozzi e Lucas Gervilla

Produção:
Maya Messina

Exibição de Museu dos [corpos] Invisíveis na Cinemateca Brasileira.