arquivo

Outros

Desmontagem

Oficina de des-edição de filmes e videos

Com Lucas Bambozzi e Lucas Gervilla

A oficina propõe exercícios de mudança na estrutura de edição de trechos de filmes e videos conhecidos, tais como:

O Encouraçado Potemkim, de Sergei Eisenstein; Psicose, de Alfred Hitchcock; Nostalgia, de Andrei Tarkovski e Amnésia (Memento), de Christopher Nolan.

A oficina foi realizada junto ao Labmovel nos dias 13 e 14 de dezembro de 2014, no Sesc Pompeia em São Paulo-SP.

Residência Artística

Durante os meses março e abril estou realizando uma residência artística no Zentrum für Kunst und Urbanistik Berlin. O objetivo da residência é desenvolver trabalhos que explorem a relação entre arte e urbanismo. A residência é patrocinada pelo Ministério da Cultural, através do Programa de Intercâmbio e Difusão Cultural.

Maiores informações: zku-berlin.org/fellows/v/39

IMG_9809

Artistic Residency

During the months of March and April Im in an artistic residency at the Zentrum für Kunst und Urbanistik Berlin. The purpose of the residency is to develop works related to arts and urbanism. The residency is supported by the Brazilian Arts Department.

For further info: .zku-berlin.org/fellows/v/39/ 

Ator ou não-ator?

     Tanto no cinema quanto na televisão um assunto que frequentemente vem à tona na hora da seleção dos atores (casting) é o uso dos chamados não-atores. Como o próprio nome sugere, não-atores são pessoas que não são atores profissionais, ou seja, são pessoas “comuns”.

    A opção de incorporar não-atores ao trabalho se deve, em geral, pela busca de um caráter naturalista, menos artificial. Essa prática é tão antiga quanto o próprio cinema e teve como precursor o russo Constantin Stanislavski, ainda no século XIX. Artista interdisciplinar, Stanislavski foi um dos fundadores do Teatro de Arte de Moscou (TAM), em 1897. Já no ano seguinte, o TAM apresentou sua primeira grande peça: Czar Fyodor Ioannovich, e contou com Stanislavski como preparador de atores e não-atores.

    Um dos grandes exemplos do uso de não-atores no Brasil aconteceu mais de um século depois da fundação do TAM, com o filme Cidade de Deus, dirigido por Fernando Meirelles em 2002. O filme é adaptado a partir do livro homônimo. Cidade de Deus mostra o cotidiano do bairro na periferia do município do Rio de Janeiro e o surgimento do crime organizado.

   O elenco principal de Cidade de Deus contou com mais de dez, até então, não-atores, entre eles Leandro Firmino (Zé Pequeno) e Darlan Cunha (Laranjinha). A preparação de atores ficou a cargo de Fátima Toledo. A maioria dos não-atores do filme eram moradores da favela do Vidigal, também no Rio de Janeiro, e foram escolhidos por terem uma maior familiaridade com a temática do filme. Coube a Fátima Toledo orientar e preparar os atores para se comportarem diante das câmeras.

   Porém o objetivo desse texto é comentar um outro tipo possível de atuação, um certo hibridísmo entre atores profissionais e não-atores. Como exemplo vou usar o personagem Marcus Álvarez, interpretado por Emilio Riveira, no seriado televisivo Sons of Anarchy, exibido pelo canal FX.

   Na série, Marcus é um motociclista mal-encarado e presidente dos Mayans, um motoclube envolvido com o tráfico de drogas no estado da Califórnia; onde só são admitidos homens de origem latina. Álvarez sempre fala em spanglish com seus companheiros de clube, e por diversas vezes é visto em festas da comunidade latina dos EUA.

    O ator Emilio Rivera nasceu nos EUA, seus pais eram mexicanos. Ainda na infância, Emilio se mudou com a família para a região de Los Angeles, uma das maiores concentrações latinas no país. Bilíngue desde criança, Emilio fala inglês com um certo sotaque, sendo assim não precisou de nenhuma preparação para se adaptar as falas do seu personagem.

      Até aí não há nada de tão especial se não fossem dois fatores: no início da adolescência, Emilio foi membro de uma gangue de rua que traficava drogas, e, há mais de 20 anos, é motociclista. Ou seja,  trata-se de um ator profissioanal que praticamente faz papel dele mesmo.

    Familiarizado com a violência das ruas e com o universo dos motoclubes, Rivera não teve que passar horas aprendendo a pilotar uma moto ou a manejar uma arma. O resultado é uma interpretação honesta e tão natural que parece que estamos diante de um personagem real. No exemplo a seguir é possível ver todas essas qualidades de Emilio em uma única sequência:

     Já aqui é possível ver Emilio na vida real, em um evento de motociclistas nos EUA, a semelhança com o seu personagem é enorme.

    A proposta dessa análise é sugerir um novo tipo de pesquisa na hora do casting. Claro que dificilmente vai existir um ator que nas horas vagas é polícial ou detetive, mas talvez haja um que o pai foi policial, ou algum outro parente tenha sido. Outro exemplo, para se interpretar um futebolista o ator não necessariamente precisa ser um craque de bola, mas sendo um fã de futebol ele poderá trazer mais recursos do que um ator que pouco sabe sobre o esporte. Acredito que quanto maior a proximidade do ator com o milieu do seu personagem, mais simples é a sua preparação e maior a sua naturalidade. Essa prática pode ser útil e eficaz principalmente em filmes sem grandes recursos financeiros, onde cada hora de gravação pode fazer a diferença no orçamento.

Lucas Gervilla

Jogos de Guerra

   Jogos de Guerra é um live-cinema criado por Lucas e Paulo Gervilla cuja proposta é comentar a presença da violência na sociedade.

   Fragmentos de mais de 50 filmes se fundem a imagens de video-games, desenhos animados e telejornais; compondo uma narrativa imagética não linear. Seu Madruga, Clint Eastwood e John Rambo aparecem lado a lado.

   O mesmo conceito de colagem também está presente na trilha sonora, criando uma atmosfera densa. Riffs de guitarra são executados ao vivo e remixados com banco de dados dos artistas.

   War Games is a live-cinema created by Lucas and Paulo Gervilla whose proposal is to comment the presence of the violence within the society.

   Fragments of more than 50 films are merged to images of video-games, cartoons and TV news, composing a non-linear imagetic narrative. Dom Ramon, Clint Eastwood and John McClane appear side by side.

   The same collage concept is applied to the soundtrack, creating a dense atmosphere. Guitar riffs are played live and remixed with the database of the artists.

Jogos de Guerra @ Cineme-se 2012

Jogos de Guerra @ Cineme-se 2012

Jogos de Guerra @ Cineme-se 2012