Rua Belém, 58

Edmur, meu pai, revisita memórias de sua infância. As imagens fragmentadas mostram vestígios familiares da casa número 58 da Rua Belém, na Agapeama, em Jundiaí. Onde meu pai e seus irmãos nasceram e viveram por décadas. A casa está abandonada desde a morte de minha avó, em 2004.

Edmur – my father – revisits some childhood memories. The fragmented images show familiar traces of the house number 58 on Belém Street, in Agapeama neighborhood, Jundiaí. Where my father and his brothers were born and lived for decades. The house has been abandoned since my grandmother’s death in 2004.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s